quinta-feira, 31 de julho de 2008



Amo você...
Quando estais distanteQuero ter-te perto...

Quando estais perto,Quero ter-te mais perto ainda....

Pois te amo...Amo sua ações....Amo seu jeito...Amo seu olhar...

Amo seu sorriso....Simplesmente amo...Amo seu amor...

Amo seus carinhos...Amo seu abraço...Amo seu cheiro....

Amo seu beijo...Simplesmente amo...Amo estar ao seu lado...

Amo estar na sua presença....Amo te olhar...mesmo de longe...

Amo VOCÊ em tudo....

E amo mais ainda o privilegio de poder estar ao seu lado....


Beijosss



terça-feira, 29 de julho de 2008








" Quero sempre poder ter um sorriso estampando em meu rosto,
Mesmo quando a situação não for muito alegre...
E que esse meu sorriso consiga transmitir pazpara os que estiverem ao meu redor.
Quero poder fechar meus olhos e imaginar alguém...
E poder ter a absoluta certeza de que esse alguémtambém pensa em mim quando fecha os olhos,que faço falta quando não estou por perto.
Queria ter a certeza de que apesar de minhasrenúncias e loucuras, alguém me valoriza
pelo que sou, não pelo que tenho...
Que me veja como um ser humano completo,
que abusa demais dos bons sentimentosque a vida proporciona,
que dê valor ao que realmente importa,que é meu sentimento...
E não brinque com ele."
Mario Quintana

enviar recado cancelar





















































































































De repente, o Amor é passarinho


O Amor não é um simples sentimento

que seja descartável por capricho,

alguma coisa que se põe no lixo ou

que se lança fora pelo vento.

O Amor é Força, é Energia pura,

mas jamais o brinquedo pula-pula,

nenhum medicamento sem a bula,

nem mesmo aquele chá que não nos cura.

O Amor é recheado de Amizade,

está no olhar, nos beijos, nos abraços,

é panteísmo puro nos espaços,

plenitude de sonho e liberdade...

E, de repente, o Amor é passarinho que,

em liberdade, voa simplesmente,

que não se adapta ao peso da corrente,

mas curte a parceria no seu ninho.
Helena Martins Daniel.


segunda-feira, 28 de julho de 2008

Aprendi...


Aprendi...
Aprendi com você

A olhar a vida com mais cuidado.
Dar a ela o valor merecido,
Agradecer por simplesmente ter despertado!
Aprendi com você
A perceber pela fresta de minha janela
Um fio de luz, no alvorecer,
suplicando para entrar,
E suavemente invadido ela!
Aprendi a escancarar a porta e forte respirar
Sentir os cheiros marcantes do alvorecer,
Ouvir a melodia suave e compassada
De um lindíssimo amanhecer!
Aprendi com você!A fazer rima e verso.
Para gritar meu imenso amor,
Tornei-me uma poeta de teu universo!
Aprendi com você:Que sonhos são realidade,
Que o impossível não existe,
Que quando a paixão nosso peito invade,
Somos um misto de fantasia e saudades!
Ah! Meu príncipe contigo aprendi...
A conjugar o verbo amar... aprendi a sonhar.
Aprendi com você que existe eternidade.
Que um grande sentimento como o nosso,
Arrasta pela existência,
Todos os momentos de Felicidade!

Helena Martins Daniel

28/07/2008

*Com amor para Marcelo...

sábado, 26 de julho de 2008

Saudade...

Saudade é um pouco como fome.
Só passa quando se come a presença.Mas às vezes a saudade é tão
profunda que a presença é pouco:quer-se absorver a outra pessoa toda.
Essa vontade de um ser o outropara uma unificação inteira é um dos sentimentos mais urgentesque se tem na vida.
Ainda pior que a convicção do não é a incerteza do talvez,é a desilusão de um quase.
É o quase que me incomoda,que me entristece,que me mata trazendotudo que poderia ter sido e não foi.
Quem quase ganhou ainda joga,quem quase passou ainda estuda,quem quase morreu está vivo,quem quase amou não amou.
Basta pensar nas oportunidadesque escaparam pelos dedos,nas chances que se perdem por medo,nas idéias que nunca sairão do papelpor essa maldita mania de viver no outono.
Pergunto-me, às vezes,o que nos leva a escolher uma vida morna;ou melhor não me pergunto, contesto.
A resposta eu sei de cor,está estampada na distânciae frieza dos sorrisos,na frouxidão dos abraços,na indiferença dos "Bom dia",quase que sussurrados.Sobra covardia e falta coragem até para ser feliz.
A paixão queima, o amor enlouquece, o desejo trai.Talvez esses fossem bons motivos para decidirentre a alegria e a dor, sentir o nada, mas não são.
Se a virtude estivesse mesmo no meio termo,o mar não teria ondas, os dias seriam nubladose o arco-íris em tons de cinza.
O nada não ilumina, não inspira,não aflige nem acalma,apenas amplia o vazio quecada um traz dentro de si.
Não é que fé mova montanhas,nem que todas as estrelas estejam ao alcance,para as coisas que não podem ser mudadasresta-nos somente paciência,porém, preferir a derrota préviaà dúvida da vitória é desperdiçar a oportunidade de merecer.
Para os erros há perdão,para os fracassos, chance,para os amores impossíveis, tempo.
De nada adianta cercar um coraçãovazio ou economizar alma.
Um romance cujo fim é instantâneoou indolor não é romance.
Não deixe que a saudade sufoque,que a rotina acomode,que o medo impeça de tentar.
Desconfie do destino e acredite em você.
Gaste mais horas realizando que sonhando,fazendo que planejando,vivendo que esperando porque,embora quem quase morre esteja vivo,quem quase vive já morreu.



( Luiz Fernando Veríssimo )

Existe somente uma idade para a gente ser feliz.

Somente uma época na vida de cada pessoaem que é possível sonhar e fazer planose ter energia bastante para realizá-los,a despeito de todas as dificuldades e obstáculos.

Uma só idade para a gente se encantar com a vidae viver apaixonadamente e desfrutar tudo,com toda intensidade, sem medonem culpa de sentir prazer.

Fase dourada, em que a gentepode criar e recriar a vidaà nossa própria imagem e semelhançae vestir-se com todas as corese experimentar todos os sabores,e entregar-se a todos os amores,sem preconceito nem pudor.

Tempo de entusiasmo e coragemem que todo desafioé mais um convite à lutaque a gente enfrentacom toda disposição de tentaralgo NOVO, de NOVO e de NOVO,e quantas vezes for preciso.

Essa idade tão fugaz na vidada gente chama-se PRESENTE e tem a duração do instante que passa...


(Mário Quintana)

O Circo do Amor



*O Palhaço Alegre, com sua maquiagem sorridente e colorida seria a pessoa amada, pois, geralmente nos apaixonamos e casamos com pessoas que nos fazem rir, já que, as mesmas trazem sensação de alegria e bom ânimo constante.

*O Palhaço Triste, este estampa no rosto lágrimas, olhos borrados e sorriso fechado. Na forma de vilão transfigurado em ciúme e fazer com que o medo de perder o grande amor faça justamente o que tanto teme. O ciúme em demasia torna as pessoas chatas e carentes, afastando a cada dia o ser amado, como uma ampulheta a derramar grão por grão de areia levando pouco a pouco um tempo que infelizmente não volta a trás...

* O Trapezista, com seu corpo e equilíbrio indefectíveis seriam a confiança, sendo que, esta, uma vez estatelada ao chão, têm como trágica conseqüência, senão a morte, no mínimo seqüelas profundas e dolorosas...

*O Globo da Morte, representaria, o sexo apaixonado, a adrenalina, o ápice de intensidade, ruídos e emoção.

*O Domador de animais selvagens, surgiria na forma daquilo que chamamos “ceder” na relação, quando uma das partes se anula, engole seco, vontades, verdades e apetites para satisfazer as vontades e caprichos do outro, seja como demonstração de amor ou meramente sobrevivência.

*O Mágico, este traria em sua forma á incansável e feliz fuga da rotina, da mesmice, como um coelho que saltitando sai da cartola, ás surpresas que gostaríamos fizessem parte de nossos dias, pois todos sabem o quão devastador pode ser o cotidiano de uma relação.

*A Assistente, aquela figura de corpo escultural vestida por um maio que demarca cada curva de seu corpo, mostraria o que muitas vezes nos pegamos fazendo para chamar a atenção do ser amado, seja como amante ou companheiro e a infinita cobrança com o corpo perfeito e a insaciável disposição para amar e distribuir sorrisos, apesar do passar dos anos.

*O Atirador de Facas, seria a representação do que circunda a relação, ciúmes, farpas, palpites, cobranças, comentários indesejáveis de outréns; cuidado! Se uma destas facas atingirem-lhe o peito e contaminar a alma o espetáculo pode terminar antes do previsto e levar consigo toda a magia vivida através dos demais personagens durante a apresentação que, até então, pode ter sido esplêndida e triunfal. Estão preparados para o Show?

Boa Noite Senhoras e Senhores!

O Espetáculo do Circo do Amor vai Começar!


Helena Martins Daniel.


helenamdaniel@hotmail.com

sexta-feira, 25 de julho de 2008

Bom Dia Pessoas!!!


Já estava com saudades de escrever aqui!
Estou vivendo uma fase muito intensa da minha vida (eu acho!) e talvez por isso, tenha me sobrado pouco tempo ou disposição (ou os dois...) para escrever aqui, porém, como meus textos estão se esgotando e eu preciso conversar, aqui estou eu de volta.
Minha vida sempre foi um livro aberto e não será agora que este “livro” irá se fechar!
Não vou mais retribuir provocações e ofensas,( Mas confesso que tem umas fotos bem engraçadas e patéticas!hahaha... e pensa que eu não vi? Não sou amadora, jamais esqueça disso!) não que eu ache do fundo do meu coração que não vale a pena, pois quem ultrapassa uma norma, assim como no direito, assume o risco por tê-lo feito, por exemplo: você vai a uma festa e bebe demais, bate o carro a 120km/h onde a velocidade era 80km/h e junto com você estava o seu namorado(a) de carona, ele(a) morre. O que acontece?:
Você vai preso por homicídio doloso, ou seja; com intenção de matar, pois sabia que não poderia fazer aquilo e assumiu o risco! Assim são as relações humanas para mim, Assumiu o erro? Agora me agüente!
O que me faz relevar isso é a coisa mais importante hoje para mim, o Marcelo, se não fosse por ele, alguém já teria um processo por Calúnia e difamação para responder.
Falando de coisas boas:EEEeeeeeEEEeee....
Hoje é um dia bem especial, aniversário da Danusa minha amiga, desejo a ela tudo de melhor, nesta vida, ela merece com certeza.
Estou com saudades do Rick, do meu irmão, dos meus tios de São José e da minha prima Carina. Quando ela trabalhava só na editora ela redigia meus textos, mas agora ela é funcionária pública, trabalha na vigilância sanitária de Florianópolis, esta sim é uma pessoa convicta e metódica. O que ela quer ela consegue e isso, entre outras coisas, eu admiro muito nela.
Ah! O Rick!Saudades das nossas caminhadas na avenida beira mar... E do meu irmão nem preciso dizer, né? Irmão é irmão é um pedaço da gente, que está solto por aí!
Este fim de semana ainda não sei o que vou fazer, estou com saudades dos meus sogros, pra mim eles são como meus pais e sinto que é recíproco, graças a Deus, já pensou ter uma sogra que te odeia? Acho que no fundo ela sabe que eu cuido muito bem do caçulinha dela...
A cada dia sinto o meu amor pelo Marcelo aumentar, tenho tantos motivos para isso, no início foi bem difícil, parecia que existiam tantos obstáculos, tantas neuras da minha parte, mas hoje ele está muito mudado, Acho que no fundo ele está sentindo o quanto eu amo e nossa cumplicidade e confiança só tem aumentado.
Segunda-feira, recomeçaram minhas aulas e foi bem legal... O meu professor de Direito Constitucional é meu cliente (agora eles abe porque eu explico tão bem nossos contratos! Todo estudante de direito é chato! Hahahaha...) e já nos conhecíamos, ele é o Dr. Maurício Medina, promotor do Ministério público aqui de Araranguá, é gente boa, porém precisa ler menos Fernando Veríssimo, está ficando debochado demais...
Terça e quarta não fui pra aula, prefiri ficar com meu bebê, como é bom amar e ser amada, este gostinho acho que só eu conheço! (Hihihi... brincadeirinha.)
A professora da aula de quinta-feira é a Jossara, ela é responsável pelo escritório modelo e fala sem parar, é bastante engraçadinha, parece boa pessoa e vou fazer uma consultinha com ela antes de decidir sobre o regime de comunhão de bens do meu casamento, afinal ela é especialista na área do Direito de família;)...

Ótimo find pessoal!

Beijos da Helena!

Ps: Marcelo eu te amoooooooooooooo.............

quinta-feira, 24 de julho de 2008

Livro da minha prima Carina! Linda né?




Ele teve a sensação de ser. Não poderia explicar, tão profundo, ní­tido e largo que era.

A sensação de ser era uma visão aguda, calma e instantânea de ser o próprio representante da vida e da morte. Então, ele não quis dormir, para não perder a sensação da vida.


(Clarice Lispector em A Descoberta do Mundo)

Eclesiástico, 28



1.Aquele que quer vingar sofrerá a vingança do Senhor, que guardará cuidadosamente os seus pecados.
2.Perdoa ao teu próximo o mal que te fez, e teus pecados serão perdoados quando o pedires.
3.
Um homem guarda rancor contra outro homem, e pede a Deus a sua cura!
4.Não tem misericórdia para com o seu semelhante, e roga o perdão dos seus pecados!
5.Ele, que é apenas carne, guarda rancor, e pede a Deus que lhe seja propício! Quem, então, lhe conseguirá o perdão de seus pecados?
6.Lembra-te do teu fim, e põe termo às tuas inimizades,
7.pois a decadência e a morte são uma ameaça (para aqueles que transgridem) os mandamentos.
8.Lembra-te do temor a Deus, e não fiques irado contra o próximo.
9.Lembra-te da aliança com o Altíssimo, e passa por cima do erro que o teu próximo cometeu inadvertidamente.
10.Evita a desavença e diminuirás os pecados.
11.O homem irascível provoca as querelas; o pecador espalha a inquietação entre seus amigos, e semeia a inimizade no meio de pessoas que vivem em paz.
12.O fogo queima na proporção da lenha que há na floresta; a ira do homem inflama-se na medida de seu poder, e desenvolve-se em proporção de sua riqueza.
13.Uma querela precipitada acende o fogo; a presteza na disputa derrama sangue; e a língua que presta (falso) testemunho causa a morte.

terça-feira, 22 de julho de 2008